Mercado de telefone fixo volta para 2011


O Brasil fechou 2015 com 43, 57 milhões de telefones fixos (comerciais e residenciais), informou hoje, 29, a Anatel. Conforme o site Teleco, em 2014, estavam em serviço 45 milhões de linhas fixas.

Mesmo sendo um serviço em desuso, a telefonia fixa no Brasil desde a privatização apresentava taxas de crescimento anuais. No inícios o crescimento foi puxado pelas concessionárias, agora no final, pelas autorizadas. Esta é a primeira vez que há uma queda na base e queda expressiva, que faz com que o mercado brasileiro fique igual ao que era em 2011.

Atualmente, as concessionárias ainda possuem 58,4% do mercado, com 43,5 milhões de linhas em serviço. As autorizadas (como a NET, por exemplo) têm 18,1 milhões de linhas.

PUBLICIDADE
Anterior Brasil desliga 12 milhões de pré-pagos em um mês
Próximos TV paga mantém retração em dezembro