Mercado de PCs crescerá menos em 2018


Foto de 500photos.com, via Pexels https://www.pexels.com/photo/technology-laptop-computer-93405/
Foto de 500photos.com, via Pexels https://www.pexels.com/photo/technology-laptop-computer-93405/

A consultoria IDC Brasil estima que o mercado brasileiro de computadores cresça 2% em 2018. Embora positivo, o número é muito menor que o apurado em 2017, quando houve uma expansão de 15%. Segundo a empresa de pesquisa de mercado o motivo está na liberação do FGTS ano passado, o que impulsionou as vendas.

“O segmento de PCs é já bem consolidado e maduro, com uma boa penetração de mercado. A tendência é mais de troca de equipamentos para atualização do que compra da primeira máquina, e isso se reflete também no tipo de equipamento vendido – há uma maior preocupação com qualidade e menos procura por produtos de entrada”, observa Pedro Hagge, analista de pesquisa da IDC Brasil.

Segundo ele, a tendência do mercado de PCs, no mundo e no Brasil, é de estabilização. O que já é positivo, uma vez que o mercado se retraiu sem parar desde 2011.

Em números absolutos, foram vendidos 5,19 milhões de computadores em 2017. Para este ano, deve-se chegar a 5,3 milhões, a maioria, notebooks. Em receita, 2017 registrou R$ 11,73 bilhões, 3% maior que 2016, apesar da queda de preços. (Com assessoria de imprensa)

PUBLICIDADE
Anterior Brasil deve acelerar o fim da 2G, defende Qualcomm
Próximos MP da Lei de Informática é consensual, temor é com descontinuidade da norma por pressão da OMC