Mercado de DAS diminui 12% em 2015


O mercado mundial de sistema de antenas distribuídas (DAS, na sigla em inglês) encolheu 12% em 2015, se comparado a 2014. O segmento movimentou US$ 1,9 bilhão ano passado. O maior tombo aconteceu na América do Norte, onde as operadoras compraram 20% menos em relação ao ano anterior. Na Ásia, a redução foi de 12%, e na América Latina e Caribe,  de 10%.

Nas Américas, dois fenômenos puxaram para baixo o desempenho dessa tecnologia. Primeiro, a redução de comprar por parte da AT&T nos Estados Unidos. Segundo, a decisão da América Móvil adotar small cells no Brasil, em detrimento do DAS. Houve crescimento na China, embora pequeno, e na Europa, de um dígito em ambos os casos.

EUA e China permanecem como principais mercados de antenas distribuídas, e continuarão a ser até 2020. Os dados fazem parte de levantamento da consultoria IHS Technology, publicado a cada seis meses. O estudo detecta uma mudança na opção de uso dos compradores de DAS. A instalação em estádios e locais de grandes aglomerações estão dando lugar ao uso em prédios comerciais, como shoppings, estações de ônibus e trens, e arranha-céus.

PUBLICIDADE

O relatório conclui que essa migração é danosa para o DAS, uma vez que as small cells são alternativas para estes espaços. A IHS estima que o mercado volte a crescer este ano, e cresça 2,4% (CAGR) até 2020, quando movimentará não mais que US$ 2,2 bilhões. (Com assessoria de imprensa)

Anterior Oi e IBM firmam parceria para gestão de celulares corporativos
Próximos Nova versão do PL de telecom obriga oferta de internet ilimitada