MegaSurf, MVNO da Surf Telecom, lança cashback


A operadora é uma MVNO da Surf Telecom. Crédito: Freepik

A MegaSurf, MVNO que presta o serviço de telefonia móvel sobre a rede da Surf Telecom, passa a oferecer a modalidade de cashback (ou o dinheiro de volta) em seus pacotes de preços. A empresa, que tem planos com a oferta de franquia de mais de 20 GB, estima que com a modalidade recém-criada pode chegar a devolver até 8% do valor das contas pagas, conforme a forma de recarga dos minutos e o período em que o cliente está com a operadora.

Segundo Mauro Motoryn, diretor da emrpesa, essa oferta foi possível  devido ao serviço oferecido pela Surf Telecom, conhecido como Net Promoter Score (NPS). “Nada melhor do que oferecer o que caiu no gosto popular”, diz Motoryn, que já foi CEO da Ogilvy.

PUBLICIDADE

Segundo Hilton Mendes, gestor da operadora, o mercado de Mobile Virtual Network Operator (MVNO) está bastante competitivo, mas a Megasurf conseguiu recuperar milhares de clientes cujos operadores haviam migrado para outras MNOs ao longo dos últimos anos. A MegaSurf é também o resultado da competitividade do mercado, quando incorporou os clientes das empresas Intercel e Magamais.

Surf

A Surf Telecom é uma habilitadora de operadoras virtuais de celular. Entre os seus principais clientes estão os Correios, o Uber, Pernambucanas e Carrefour.

Recentemente, a empresa  foi autorizada a emitir R$ 500 milhões em debêntures incentivadas para aplicar no mercado de telecomunicações no Rio de Janeiro e São Paulo. A operação gera descontos no imposto de renda dos investimentos realizados em redes com os recursos captados. 

O programa estabelece o prazo máximo dois anos após a oferta pública para a realização dos aportes. O Ministério das Comunicações estabeleceu que empresas do setor podem contrair dívida para construção de rede de transporte, rede de acesso fixo ou móvel, sistema de comunicação por satélite, rede local sem fio WiFi, cabo submarinos e subfluviais, data centers, redes IoT, redes 5G, infraestrutura geral de rede de telecomunicações, e infraestrutura para virtualização de redes.   

 

PUBLICIDADE
Anterior Em alguns anos, agro poderá optar por soluções multi órbitas
Próximos Brisanet reverte prejuízo e lucra R$ 9,5 milhões no 1º trimestre