Mediador mostra resultado da negociação da Oi com os bancos em 5 dias


O advogado Bruno Silva Navega, mediador judicial no processo de recuperação do Grupo Oi, protocolou hoje, 7, petição na 7ª Vara Empresarial do Rio de Janeiro, propondo a concessão de prazo de cinco dias para apresentar relatório com o resultado das negociações encerradas ontem entre a operadora e “credores relevantes”, a exemplo dos principais bancos credores.

O Tele.Síntese apurou que o mediador manteve negociações especialmente com representantes do Itaú Unibanco, CEF, Banco do Brasil, Santander e China Development Bank, que apresentaram objeções ao aditamento feito pela Oi ao seu próprio ao plano de recuperação judicial. Além deles, foram intimados a participar das negociações Bradesco, Banco do Nordeste do Brasil e BNDES.

Na petição, o mediador informa que cumpriu o cronograma da mediação ajustado com o juiz titular da 7ª Vara Empresarial do Rio de Janeiro, Fernando Viana, responsável pela designação do advogado para a função de resolver conflitos antes da Assembleia Geral dos Credores, que irá acontecer de forma presencial no início de setembro. Adianta o mediador na petição que irá relatar todas as etapas da mediação.

Acrescenta que o relatório apresentará “as etapas realizadas na mediação, ressalvados os casos de confidencialidade, na forma do artigo 2º, inciso VII, da Lei Federal nº 13.140/2015 e das cláusulas de confidencialidade previstas no Plano de Mediação”.

PUBLICIDADE

De acordo com a decisão apresentada hoje pelo juiz Viana, será apreciado o resultado da mediação antes do eventual reexame das objeções que pedem a rejeição do aditamento apresentado pela operadora.

Anterior Souza Pinto: Caminhos para a inclusão digital do cidadão
Próximos American Tower vai expandir rede de fibra em Minas Gerais