MCTIC recupera R$ 300 mi dos R$ 2,2 bi que faltam no orçamento


mapa-engrenagem-dinheiro-grafico-ideia-lampada-03

O ministro de C&TT, Gilberto Kassab, em coletiva à imprensa, hoje, 27, para confirmar o desligamento dos sinais analógicos de TV em Salvador e Fortaleza, afirmou que a sua pasta conseguiu resgatar R$ 300 milhões dos R$ 2,2 bilhões de recursos que faltam para que o orçamento fique igual ao do ano passado.

A sua expectativa é que os novos descontingenciamentos orçamentários previstos pela equipe econômica complementem o restante dos recursos. Esses recursos, ressaltou, são apenas para o MCTIC, já que a Anatel tem orçamento diferenciado. E lembrou que a partir do próximo ano a agência, por acordo do TCU com o governo, não terá mais corte nas verbas que precisar para o seu pleno funcionamento.

PUBLICIDADE

Ele ressaltou que, com o desligamento das TVs nessas duas capitais, já serão 40 milhões de brasileiros com acesso aos sinais digitais.

Disse ainda que o ministério poderá fazer novas licitações para a banda estendida do rádio (na faixa de 700 MHz, de onde sairão os canais analógicos de TV ) em 2018 ou 2019.

Anterior Kassab afirma que Anatel não decide agora a situação da Oi
Próximos Claro, Ericsson e Qualcomm testam tecnologia LTE para IoT