MCTI divulga integrantes da Câmara de Inovação


O Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações publicou, nesta segunda-feira, 20, os integrantes dos Grupos Consultivos da Câmara de Inovação que vão apresentar propostas para os temas sobre demandas de formação profissional em setores com potencial de inovação e para articulação das instituições de ciência, tecnologia e inovação com o setor produtivo. A Câmara faz parte da Estratégia Nacional de Inovação, que reúne representantes de 10 ministérios. 

A Câmara de Inovação já definiu uma agenda de trabalho para 2021, que engloba temas como a definição de prioridades para as agências de fomento e o levantamento das demandas do setor produtivo para capacitação de recursos humanos em áreas intensivas em inovação. Além disso, é esperado que a publicação da Estratégia e dos Planos inicie um processo de consolidação das ações entre os ministérios, bem como a identificação de lacunas a serem enfrentadas no futuro.
 
Simultaneamente ao lançamento da Estratégia, já está no ar o site da Política Nacional de Inovação. Além de conter informações sobre a Política e a Câmara, todos os dados sobre a Estratégia já estão disponíveis para consulta. O endereço do site é https://gov.br/inovacao. Também está disponível o apêndice teórico da estratégia, que explica o processo de sua elaboração, bem como traz os diagnósticos para cada um dos seus eixos de atuação. 

PUBLICIDADE

Veja aqui os indicados para identificar as demandas por formação profissional em setores com potencial de inovação: 

I – Representando o Ministério da Educação: 

a)Pierry Teza, coordenador titular; b) Carlos Sanches, coordenador suplente;  

II – Representando o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento:  

a)AlaercioLonde da Silva;  

III – Representando o Ministério da Defesa:

a) Fernanda das Graças Correa;  

IV – Representando o Ministério de Minas e Energia:

a) Livio Teixeira de Andrade Filho;  

V – Representando o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações:

a) Cézar Luciano de Oliveira, membro titular; b) Denise de Almeida Pereira, membro suplente; c) Elisa Volker dos Santos;  

VI – Representando a Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial – EMBRAPII:

a) Carlos Eduardo Pereira, membro titular; b) Álvaro José Abackerli, membro suplente;  

VII – Representando a Financiadora de Estudos e Projetos – FINEP:  

a) Marcus Vinicius T. Alvarenga;

VIII – Representando o Conselho Nacional de Desenvolvimento e Tecnológico – CNPQ:  

a) Cassiano D’Almeida.

Já os indicados para promover a articulação das instituições de ciência, tecnologia e inovação com o setor produtivo são: 

I – Representando o Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovações:  

a) Marcos Cesar de Oliveira Pinto, coordenador titular; b) Francisco Silveira dos Santos, coordenador suplente; c) ElisaVolkerdos Santos;  

II – Representando o Ministério da Economia:  

a) Rafael Jacomini de Melo e Souza;

III – Representando o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento:

a) Isabel Regina Flores Carneiro;  

IV – Representando o Ministério da Educação:

a) Emerson Augusto Miotto Corazza, membro titular; b) Stephanie Silva, membro suplente; 

V – Representando o Ministério da Defesa:  

a) WilliamsBelentaniLeme;  

VI – Representando o Ministério da Saúde:  

a) Tânia Mara do Valle Arantes;

VII – Representando o Ministério das Comunicações:  

a) Marcelo Leandro Ferreira, membro titular; b) Ernani Lustosa Kuhn, membro suplente;

 VIII – Representando o Ministério do Desenvolvimento Regional:  

a) Cesar Augustus de Santis Amaral;

IX – Representando a Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial – EMBRAPII: 

a) IgorManhães Nazareth, membro titular; b) José Henrique Videira Menezes, membro suplente;  

X – Representando a Financiadora de Estudos e Projetos – FINEP:  

a) WilliamRospendowski; 

XI – Representando o Conselho Nacional de Desenvolvimento e Tecnológico – CNPq:  

a) Marcio Ramos de Oliveira.

Anterior "BRICS são os únicos que entenderam de fato o alcance da espionagem dos EUA"
Próximos Anatel decide na sexta, 24, regras do leilão 5G