PORTAL DE TELECOM, INTERNET E TIC

Gente

MCom e MCTI terão ampla troca de cargos, com exonerações de Lula

No MCom Maximiliano Martinhão e Nathalia Lobo, secretários de radiodifusão e de telecom, deixam a pasta. No MCTI, José Gontijo e os presidentes e diretores de todos os institutos vinculados também são exonerados.
MCom e MCTI com ampla troca de cargosCrédito: Divulgação
Secretários de Radiodifusão e de Telecom e os diretores deixam a pasta. No MCTI, Gontijo também é exonerado. Crédito: Divulgação

O MCom e o MCTI terão ampla troca de cargos-chave, com as exonerações publicadas hoje, 2, na edição extra do Diário Oficial da União, feitas em diferentes pastas do governo. Conforme a portaria, deixam os cargos o atual secretário de Radiodifusão do ministério, Maximiliano Martinhão, e Nathalia Lobo, da secretaria de Telecomunicações. Os dois são quadros de carreira da Anatel. Martinhão tem uma longa trajetória na formulação de políticas públicas setoriais, foi secretário de Telecomunicações no governo Dilma Rousseff e também presidente da Telebras. Nathalia Lobo deixou a Anatel para seguir para o Ministério das Economia, já no governo Bolsonaro, e depois assumiu a secretaria de Telecomunicações sob o comando do ex-ministro Fábio Faria.

Wilson  Wellisch, que estava como diretor do Departamento de Política Setorial da Secretaria de Telecomunicações e é também da Anatel, foi igualmente exonerado, juntamente com Otávio Caixeta, diretor do Departamento de Inovação, Regulamentação e Fiscalização da Secretaria de Radiodifusão.

Toda a equipe com função de chefia da Secom, que estava vinculada ao MCom, também foi exonerada.

MCTI

No Ministério da Ciência Tecnologia e Inovação, também haverá ampla troca de cargos. Foi dispensado José Gontijo que estava no cargo de cargo de secretário de Empreendedorismo e Inovação e também com longa trajetória na formulação de políticas públicas para o desenvolvimento da produção nacional.

Foram exonerados também diretores das diversas instituições vinculadas ao MCTI. Entre elas: Evaldo Vilela, da presidência do CNPq; Paulo Roberto Barros, da Agência Espacial Brasileira (AEB); Paulo Pertusi, da Comissão Nacional de Energia Nuclear; Clezio Nardin, do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais; e Henrique Miguel, diretor diretor do Departamento de Ciência, Tecnologia e Inovação Digital da Secretaria de Empreendedorismo e Inovação.

Também foram dispensados ou exonerados os diretores do Centro de Tecnologia da Informação Renato Archer, do Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia, do Instituto Nacional de Tecnologia, do Laboratório Nacional de Astrofísica, do Museu de Astronomia, do Museu Paraense Emilio Goeldi, do Observatório Nacional.

Leia aqui as dispensas e exonerações de todos os Ministérios:

DOU-01-01-23-Imprensa-Nacional

 

TEMAS RELACIONADOS

ARTIGOS SUGERIDOS



 

Demanda por DWDM cresce e Multi PRO | ZTE amplia portfólio.
Além do DCI ZXONE – 7000 C2D produto lançado recentemente, a marca trará atualizações para equipamentos que já estão no mercado