Master, de Minas, assina com V.tal para expandir operação


Crédito: Divulgação
Crédito: Divulgação

Fundada em 1989, em Minas Gerais, a Master Internet quer expandir seu mercado para outras regiões do Brasil. Atualmente, o ISP está presente em mais de 60 cidades, entre Minas e São Paulo, por meio de 17 mil km de fibra óptica e tem como objetivo atuar em toda região Sudeste e Centro Oeste até 2023, alcançando 2 milhões de Home Passed.

Para isso, formalizou parceria com a V.tal para uso da rede neutra e fechou acordo com a IPv7 e Vispe Capital, para o planejamento estratégico da empresa em direção ao plano de expansão. O desafio do provedor é levar esta qualidade para todo o país e revolucionar o mercado de telecom propondo soluções que vão muito além da conexão de internet via fibra óptica para seus assinantes.

PUBLICIDADE

“Entendemos que hoje, internet se tornou item básico para todos os brasileiros. Principalmente após o momento de pandemia vivido pelo mundo, a importância de ter uma boa internet em casa se tornou maior, ” disse Diego Aquino, diretor de Engenharia da operadora.

Aquino afirma que a Master vem se especializando não só em qualidade de equipamentos e materiais, como também de que maneira a marca tornará a experiência do assinante mais  completa. “Por isso incluiu produtos digitais de peso em seus combos, como HBOMax e Deezer”, disse.

Mas a empresa sabe que só isso não é suficiente para competir no mercado nacional. É preciso expandir suas redes e qualificar sua equipe para atender o grande volume de assinantes que  pretende atingir. “O ano de 2021 foi importante para a Master com a implantação de seu modelo de gestão e governança, além da elaboração do valuation e a formalização da parceira com a V.tal para a estrutura de redes neutras, que irá acelerar o processo de expansão no atendimento de fibra óptica em novas localidades, bem como expandir as redes em regiões já atendidas pelo provedor. Estamos nos preparando para crescer de forma responsável e sustentável, com a previsão de um sólido processo de M&A”, ressalta Aquino.

Os executivos da Master sabem que a combinação de todos esses fatores são o pontapé inicial para garantir que a marca se torne uma empresa de alcance nacional e afirma que a aquisição de outros provedores também faz parte deste planejamento.

(Com assessoria de imprensa)

 

PUBLICIDADE
Anterior Luciano Leonel: "6G não será uma rede para as operadoras, mas uma rede para a sociedade"
Próximos Huawei, HDT e Faro assinam acordos para expandir geração de energia sustentável