Lucro líquido da Unifique cresce 83% no 3º trimestre


NOC da Unifique (foto: divulgação)

A Unifique fechou o terceiro trimestre de 2021 com lucro líquido 83% maior que em igual período do ano passado, passando de R$ 12 milhões para R$ 22 milhões, conforme resultado divulgado nesta quinta-feira,11. Crescimento de 59,1% na receita líquida com margem Ebitda de 51,4%.

O Ebtida do trimestre foi de R$ 62 milhões, comparado com o resultado do terceiro trimestre de 2020, o crescimento foi de 63%. O desempenho dos noves primeiros meses deste ano ante o igual período do ano passado a alta foi de 54,3%, para R$ 167,4 milhões.

Segundo o CFO da operadora, José Wilson Jr, os resultados obtidos superam as projeções feitas aos acionistas, antes da IPO. Nesse período, a Unifique fez cinco aquisições, incluindo 52 mil novos acessos.

Nesse período, a Unifique adquiriu a carteira de clientes de quatro empresas catarinenses: Zappen, em Joinville, 16 mil clientes; MKSNET, nas cidades de Itapema, Balneário Camboriú, Navegantes, Bombinhas e Porto Belo, 21 mil clientes, SSTV (TVC) em Tubarão e Araranguá, 8 mil clientes; CNET (Fibramaxx), nas cidades de Lauro Muller, Orleans e Cocal do Sul, 4 mil clientes. Antecipando, a operadora anuncia no relatório a aquisição, em outubro, da CLICK SBS (Click Partner), em Itapóa, SC, com 3 mil clientes.

Segundo Wilson, novos ISPs podem ser adquiridos ainda este ano, antecipando ainda mais as metas impostas pela companhia. Outro plano já em andamento é o aumento da Ebtida das operações no Rio Grande do Sul, que já cresceram 10 pontos percentuais, para 38%, para que chegue ao mesmo nível obtido pela empresa em Santa Catarina.

Leilão 5G

Com relação a aquisição do lote regional Sul da faixa de 3,5 GHz, Wilson afirmou que não vai reduzir os planos de crescimento da empresa. “Primeiro porque o desembolso de caixa é pequeno para os próximos anos”, disse. A empresa terá que pagar 63% dos R$ 4,7 milhões pela outorga da faixa em 20 prestações anuais. O restante será desembolsado pela Copel, que adquiriu a faixa em consórcio com a Unifique.

As obrigações de implantação do 5G começam em 2026 e vai abranger 670 municípios do Rio Grande do Sul e Santa Catarina. E levar backhaul para duas cidades gaúchas, O ágio incluiu mais 41 localidades, sendo 29 em Santa Catarina e 12 no Rio Grande do Sul, cidades que já estavam no plano de expansão da companhia.

PUBLICIDADE
Anterior Facebook e Instagram removeram 1 milhão de posts de desinformação sobre covid
Próximos V.tal fará nesta sexta negociação em tempo real de sua rede neutra