Lucro da Vivo cai 21,6% no 2T20, para R$ 1,1 bilhão


A Telefônica Vivo reportou hoje, 29, os resultados operacionais e financeiros do segundo trimestre de 2020. E apresentou queda nos lucros de 21,6% em relação ao mesmo período do ano passado, para R$ 1,1 bilhão. As receitas também sofreram, com queda de 5,1%, para R$ 10,3 bilhões, também em comparação ano a ano. 

A Telefônica Vivo reportou hoje, 29, os resultados operacionais e financeiros do segundo trimestre de 2020. E apresentou queda nos lucros de 21,6% em relação ao mesmo período do ano passado, para R$ 1,1 bilhão. As receitas também sofreram, com queda de 5,1%, para R$ 10,3 bilhões, também em comparação ano a ano.

O Ebitda recorrente somou R$ 4,1 bilhões no período, também com queda, menor, de 3,8% comparado ano a ano. A empresa reportou um total de 92 milhões de clientes, dos quais 74,4 milhões de telefonia celular e 17,6 milhões clientes da unidade fixa – banda larga, telefonia e TV.

PUBLICIDADE

O investimento operacional totalizou R $ 1,909 bilhão no 2T20, focado na expansão da rede FTTH e no aumento da qualidade e capacidade das redes 4G e 4,5G.

Desempenho operacional

Os acessos em banda larga atingiram 6,554 milhões clientes no 2T20 e o FTTH registrou 210 mil adições líquidas, fazendo a base de assinantes de fibra crescer 31,9% ano-a-ano. O ARPU (conta  média) da banda larga aumentou 17,6% em relação ao 2T19, atingindo R$ 74,5.

A Vivo mantém a liderança no market share do celular, com 33% dos assinantes, 8,6 p.p a mais do que o segundo concorrente. Registrou crescimento nos acessos pós-pago, de 3,4% e a sua base de pós-pago já alcança 57,9% do total de sua clientela da telefonia celular.

As receitas de FTTH (fibra óptica até a residência) e IPTV (TV pela Internet) continuam a crescer significativamente.  (+ 47,6% aa e + 22,3% aa, respectivamente). Os custos operacionais diminuíram 5,9% no comparativo anual devido “principalmente à menor atividade comercial e menores despesas comerciais”, informou a empresa.

 

 

Anterior Maximiliano Martinhão é o novo secretário de Radiodifusão
Próximos Telefônica Brasil busca sócio para construção de rede neutra