Lucro da Samsung passa de US$ 14 bilhões no 4º trimestre


A Samsung divulgou hoje, 9, ao mercado dados preliminares do balanço financeiro do quarto trimestre de 2017. A empresa afirma que registrou lucro equivalente a US$ 14,1 bilhões apenas entre outubro e dezembro, 64% a mais que um ano antes.

O resultado foi puxado pelas vendas de sua unidade de silício, que fabricou mais chips de memória do que nunca. Segundo a empresa, a receita aumentou 24% no trimestre, alcançando o equivalente a US$ 61,8 bilhões. Os dados detalhados serão revelados pela companhia em 31 de janeiro.

PUBLICIDADE

Lançamentos da CES 2018

A empresa anunciou ontem, 8, na Consumer Electronics Show, feira de tecnologia que acontece em Las Vegas, Estados Unidos, novidades em produtos para 2018. O foco recairá sobre a internet das coisas. A empresa vai atualizar sua plataforma Smart Things, de conectividade entre diferentes aparelhos. A expectativa é que, até 2020, toda sua linha de produtos tenha a funcionalidade e seja capaz de trocar dados entre si pela internet.

Em produtos, a companhia apresentou uma geladeira conectada, com tela e capaz de conversa com o proprietário através da inteligência artificial Bixby. Também anunciou o laptop 2 em 1 Style 2, que ora funciona como notebook, ora como tablet, reconhece impressões digitais, usa processador Intel I5 oi I7, sistema Windows 10 e vem com SDD de 256 GB, além de 8 GB de RAM.

samsung-the-wall

A grande novidade da companhia foi, no entanto, um conceito de TV modular, em que o usuário pode ampliar a tela acrescentando novos painéis de “microLED”. Na apresentação, a empresa mostrou um modelo de 146 polegadas, batizado de “The Wall” (foto). Mas enfatizou que o conceito modular permite criar aparelhos com qualquer formato e tamanho. Não deu prazo para lançamento no mercado.

O produto  que pretende vender este ano será uma TV QLED, com resolução de 8K e inteligência artificial, prevista para chegar ao mercado no segundo semestre. O que a função de inteligência artificial faz, no caso, é multiplicar resoluções full HD ou 4K para 8K. Terá também a plataforma Smart Things e a Bixby. Nenhum produto tem previsão de chegada ao Brasil.

A fabricante também anunciou a TCU, uma unidade de controle para carros inteligentes, que usará a tecnologia C-V2X da Qualcomm para conectar veículos à rede, compatível com o provável padrão 5G para carros autônomos, mas capaz de ser usado em rede LTE.

 

Anterior Kodak vai usar blockchain para garantir direitos autorais dos fotógrafos
Próximos Microsoft explica que atualizações deixam alguns PCs e servidores lentos