Lucro líquido da Desktop aumenta 72% no 1º tri


A provedora de internet Desktop divulgou hoje, 16, os resultados do 1º trimestre do ano, em que apurou aumento de 72% no lucro líquido na comparação com o mesmo período de 2021, para R$ 9 milhões. O lucro antes de impostos cresceu 51%. A empresa adquiriu vários ISPs ao longo do último ano, e com isso multiplicou sua receita, que saltou 172%, para R$ 156,78 milhões.

PUBLICIDADE

O lucro antes de impostos, depreciações e amortizações da Desktop também cresceu três dígitos. Saltou 190% ano a ano, para R$ 62,8 milhões. A empresa terminou março com caixa de R$ 520 milhões, após geração positiva de R$ 50,76 milhões. A alavancagem, no entanto, cresceu para 2,6x. A dívida líquida atual é de R$ 358,35 milhões. O Capex do período foi de R$ 123,45 milhões.

Nos três primeiros meses do ano a companhia adicionou mais de 200 mil casas passadas a sua rede (casa aptas a assinar banda larga por fibra). Adicionou 40 mil clientes à carteira. Concluiu a aquisição do ISP Infolog, adcionando mais 16 mil acessos no litoral paulista.

Com isso, terminou o período com 667 mil assinantes ao todo e 3,1 milhões de casas passadas. Alta de 181% sobre o mesmo período de 2021. Além disso, ativou rede em três novas cidades, chegando ao total de 125 cidades atendidas.

A empresa diz que vem ganhando market share nos mercados onde atua. Nas cidades onde tem presença há mais de um ano, tem em média 24% de participação do mercado de banda larga fixa. Contando cidades onde entrou mais recentemente, a média de market share é de 17%.

A rede óptica da companhia também cresceu. Foram adicionados 34,7 mil km de fibra entre o primeiro trimestre de 2021 e o de 2022, um crescimento de 453%. Desse total, 26,6 mil km eram rede de acesso, e 8,1 mil km, backbone.

PUBLICIDADE
Anterior EUA e Europa colocam redes sociais na mira por fake news antidemocráticas
Próximos Conectividade entre os continentes com baixa latência