Lucro da Apple sobe 11,8%


iphone-7-vermelho-apple-smartphoneA Apple divulgou hoje, 01, os resultados financeiros do trimestre encerrado no começo de julho. A companhia registrou receita de US$ 45,4 bilhões, uma alta de 7,2%. O lucro líquido subiu 11,8%, para US$ 8,7 bilhões.

As vendas de todos os produtos aumentaram, até mesmo do iPad, que vem de trajetória descentende. Este aparelho gerou US$ 5 bilhões em receita, 2% mais que no mesmo trimestre do ano passado.

O iPhone se mantém como principal produto. Vendeu US$ 24,8 bilhões, alta de 3%. O computador Mac representou US$ 5,6 bilhões (crescimento de 7%).

PUBLICIDADE

Tim Cook, CEO da Apple, chamou a atenção para o desempenho da divisão de serviços, que faturou US$ 7,3 bilhões, 22% a mais que um ano antes. A linha de outros produtos, que inclui acessórios e o Apple Watch, teve receita de US$ 2,7 bilhçoes (alta de 23%).

A Apple vendeu mais em quase todas as regiões. Cresceu 13% nas Americas, 11% na Europa, 3% no Japão, 15% da Ásia. Mas sofreu na China, onde encolheu 10%.

Para o próximo trimestre, que termina em setembro, a empresa projeta receita entre US$ 49 e US$ 52 bilhões.

Unidades vendidas

Como de praxe, a empresa divulgou o número de unidades vendidas de seus aparelhos. O carro chefe, iPhone, vendeu 41 milhões de unidades, 2% mais que um ano antes.

O iPad vendeu 11,4 milhões de peças, 15% a mais que no mesmo período de 2016. Já o Mac vendeu 4,2 milhões de unidades, 1% a mais. A Apple não revela a quantidade de acessórios vendidos. Nesta categoria entram seus fones de ouvido Bluetooth e os relógios inteligentes.

Anterior Brasil corre risco sem datacenter aqui, afirma MCTIC
Próximos Nota da Anatel cobra da Oi garantia para o aporte de capital e quer multa fora da RJ