Lucro da Alphabet, holding que controla o Google, aumenta 45%


A Alphabet, holding criada em agosto para reunir o Google e as empresas que antes eram controladas pela gigante das buscas, anunciou hoje, 22, no final da tarde, os resultados financeiros para o terceiro trimestre, encerrado em setembro. A companhia apresentou crescimento de receita de 13%, para US$ 18,675 bilhões. O lucro operacional GAAP aumentou 26%, para US$ 4,7 bilhões. Já o lucro líquido, sempre no padrão GAAP, foi de US$ 3,979 bilhões – maior 45%.

O custo de aquisição de usuários, equivalente a quanto distribuiu a criadores de conteúdo, foi de US$ 3,56 bilhões, maior 6%. A receita com publicidade cresceu 13%, em relação ao mesmo período do ano passado, para US$ 16,78 bilhões.

PUBLICIDADE

A quantidade de clicks pagos aumentou 23% no período, sobre um ano antes. O custo por clique, porém, caiu 11%.

O capex da companhia diminuiu, ficou em US$ 2,3 bilhões, ante US$ 2,41 bilhões um ano antes. O fluxo de caixa livre registrou saldo positivo, de US$ 3,63 bilhões. A companhia anunciou, ainda, a intenção de recomprar cerca de 1% de suas ações no mercado, ao custo de aproximadamente US$ 5 bilhões.

A proporção dos ganhos da empresa se manteve praticamente inalterada: 10% vêm do Reino Unido, 43% do resto do mundo, e 47% dos Estados Unidos.

Anterior Pure Storage: fusão Dell/EMC ajuda a acelerar crescimento da concorrência
Próximos Receita da Microsoft com dispositivos cai 49%