LTE supera 1 bilhão de assinantes no mundo


4g-lte-logoO número de usuários de redes LTE continua crescer sem parar no mundo. A tecnologia era usada no final de 2015 por mais de 1 bilhão de pessoas, conforme dados reunidos pela consultoria Ovum. A empresa de análise de mercado prevê que a tendência não deve perder fôlego no mundo. Para os próximos cinco ano, será registrado crescimento de dois dígitos, alcançando-se os 3,62 bilhões de acessos do tipo.

O aumento da população com acesso a redes móveis mais rápidas vai modificar a geografia dos acessos. A China, que no final de 2015 representava 35% do mercado, perderá importância relativa. Em 2020, deverá concentrar 28% dos acessos LTE. Fenômeno semelhante vai acontecer com os Estados Unidos e Japão, que passarão de 21% e 9%, respectivamente, para 10% e 4%. O Brasil vai passar de participação de 2% hoje, para 3% em 2020. Os países que integram os Brics serão os que mais vão crescer em adições, com taxas anuais de 20% de aumento de usuários LTE.

A Ovum ressalta que estes índices demonstram o sucesso do LTE. A tecnologia vem superando o 3G em ritmo de adoção no mundo. A consultoria estima que em 2017 os acessos vão duplicar e, em 2019, triplicar. Isso acontecerá devido ao barateamento dos smartphones e ao aumento da demanda por serviços entregues via banda larga móvel. Até 2020, usuários 2G serão uma raridade, com o 3G e o 4G concentrando 85% dos acessos.

PUBLICIDADE
Anterior Ministro da Cultura diz que regulamento de video on demand está quase pronto
Próximos BNDES vai ampliar cobertura no Finame para 80%