Leilão de frequências: Lote C rendeu R$ 41 milhões à Anatel


(Crédito: Shutterstock Sergign)
(Crédito: Shutterstock Sergign)

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) divulgou ontem, 17 a lista final dos compradores de frequências no último leilão, realizado em dezembro de 2015. A lista traz os vencedores da disputa pelos lotes do tipo C, que somam a maior quantidade de cidades atendidas por espectro para exploração do LTE-TDD, a banda larga fixa, mas que usa conexão sem fio.

Os dados mostram que muitas das potenciais compradoras acabaram desclassificadas, reduzindo o valor arrecado pela agência com o leilão. Dados de abril indicavam que a venda do lote C tinha angariado quase R$ 90 milhões. Após a análise completa da documentação das concorrentes e anulação de lances, o restou foi menos da metade: R$ 41 milhões.

Da relação apresentada ontem, e que pode ser conferida aqui, contabiliza-se a venda de 2.423 lotes, dos quais, 1.395 já foram homologados e 1.028 ainda serão homologados. O restante, 3.576 lotes, não receberam qualquer oferta ou tiveram as propostas descartadas. Ao todo, 248 empresas tiveram lances desconsiderados, segundo a Anatel. Os números ainda podem mudar, uma vez que a agência recebe novos recursos sobre os resultados ate 21 de novembro.

PUBLICIDADE
Anterior A América Latina pode acrescentar mais de 1,5 GHz de espectro para serviços móveis até 2018
Próximos Telefônica Brasil vai investir menos no próximo triênio