Logística reversa para lixo eletrônico terá meta nacional


shutterstock_Bad Man Production_Devices_computador_lixo_eletronico

O Ministério do Meio Ambiente publicou hoje, 26, norma orientadora para a implementação de sistema de logística reversa para fabricantes, importadores, distribuidores e comerciantes.

Entre as medidas, cada setor industrial – como o que fabrica aparelhos de celulares por exemplo – terá que elaborar Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos (PGRS) e fechar acordos setoriais.

PUBLICIDADE

Os sistemas de logística reversa devem ainda estabelecer metas progressivas e cronogramas que contenham a previsão de evolução de sua implementação até o cumprimento da meta final estabelecida.

Anterior "Investimento em infraestrutura de banda larga será o centro da política pública do MCTIC", diz André Borges
Próximos Conheça os vencedores do Prêmio Anuário Tele.Síntese de Inovação 2017