LGPD: Microsoft 365 passa a armazenar localmente dados de clientes


A Microsoft avisou hoje, 18, que a suíte de produtividade 365 armazenará dados clientes no Brasil. Isso inclui os principais serviços em nuvem, como Exchange Online, SharePoint Online e One Drive for Business. Mídia, imagens e dados de gravação de bate-papos do Microsoft Teams também serão armazenados no país.

A medida foi tomada para adequar o serviço à Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD). A medida ajudaria a atender as necessidades regulatórias, de segurança e de conformidade das empresas que contratam o serviço também.

PUBLICIDADE

A mudança estava prevista no plano “Microsoft Mais Brasil’, que consiste em um compromisso anunciado pela empresa em 20 de outubro. Um dos pilares do plano é  a expansão da infraestrutura nuvem, o que inclui a implementação de um data center com sede no Rio de Janeiro.

Também o Microsoft 365 Multi-Geo estará disponível na nova geografia do Brasil até o primeiro trimestre de 2021. Esse serviço permite que os clientes configurem as geografias onde seus dados de usuário do Microsoft 365 são armazenados em um único local. A empresa ainda afirmou que irá estender seus serviços em 2021.

Dentre clientes da Microsoft está a Controladoria Geral Da União (CGU) que passará a ter seus principais dados de clientes armazenados localmente nas próximas semanas. (Com assessoria de imprensa)

Anterior Vivo inicia operação de sua primeira usina solar no Distrito Federal
Próximos Internet das Coisas não é tecnologia