Lenovo vendeu 2,66 milhões de smartphones no Brasil no último ano


moto z snaps mods motorola smartphone modularA fabricante chinesa de computadores e smartphones Lenovo colheu bons resultados no Brasil no primeiro trimestre deste ano. No período, as vendas de smartphones cresceram 56,3%. Com isso, diz, passou a ter market share de 22,5% no país, um crescimento de 4,4 p.p. em um ano. a empresa também é dona da marca Moto. Foram vendidas 2,66 milhões de unidades. No período, colocou no mercado os telefones Moto Z, Moto G5 e G5 Plus, além de diferentes versões do Lenovo Vibe.

O dado aparece no balanço financeiro do grupo, divulgado nesta quinta-feira, 25. No mundo, ampliou as vendas de celulares inteligentes no trimestre. Foram 11,3 milhões de aparelhos vendidos fora da China (+17,4% a.a.), e receita de US$ 1,7 bilhão (+19,7%) nos três primeiros meses deste ano.

Resultados do grupo no ano
Diferente da maioria das empresas, o ano fiscal da Lenovo não começa em janeiro, mas em abril. Assim, o mês de março marca o final do fiscal. Nesse ano fiscal, o resultado para os doze meses foi de retração. A companhia registrou queda de 5,4% nas receitas, que somaram US$ 43 bilhões. Apesar de faturar menos, o grupo deixou para trás o prejuízo de US$ 128 milhões de 2015/16 ao obter um lucro de US$ 535 milhões em 2016/17. Estes números englobam os resultados com celulares, PCs e data centers.

PUBLICIDADE

Computadores e DCs
A Lenovo perdeu o posto de maior fabricante de PCs ao longo do último ano para a HP. O conjunto dos últimos doze meses mostra queda de 2,3% na receita com PCs, que somou US$ 30 bilhões. Em unidades, foram 66,6 milhões, 7,1% a menos que no ano fiscal de 2015/16.

A empresa ampliou, no entanto, as vendas no trimestre em 4,9%, atingindo receita de US$ 6,7 bilhões com o segmento de PCs. Foram vendidas 14,1 milhões de unidades, entre desktops, notebooks e tablets. E novos produtos cresceram vigorosamente. Foi o caso dos Chromebooks, cujas vendas aumentaram 20,5% no quarto trimestre, e 38,2% no ano fiscal.

A divisão de data centers, voltada a soluções corporativas, encolheu. A receita caiu 13,7% no mundo no trimestre, para US$ 850 milhões. Para o ano todo, a queda foi de 10,6%, para R$ 4,1 bilhões – no mundo.

 

Anterior Anatel nega compensação de investimentos em P&D da Oi
Próximos Disputa de mais R$ 37 milhões pelo ônus da concessão entre Oi e Anatel