Leilão de frequências para provedores regionais sai da agenda de 2020 da Anatel


O conselho diretor da Anatel decidiu hoje, 17, alterar sua agenda regulatória para o período 2019-2020 e retirar das metas a realização de leilão de frequências para provedores regionais. A decisão foi tomada porque este leilão seria realizado depois do leilão 5G, que era previsto para este ano, mas agora já é previsto para meados de 2021.

O conselho determinou às superintendências de Outorga e Recursos à Prestação (SOR) e de Planejamento e Regulamentação (SPR) que avaliem a inserção desse item na Agenda Regulatória 2021-2022, a depender dos resultados dos Chamamentos Públicos para as faixas de 1,9 GHz, 2,5 GHz e 39,5 GHz.

PUBLICIDADE
Anterior Anatel rejeita pedido da Claro e mantém por 5 anos uso de frequências para STFC
Próximos Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais entra em vigor