Leilão da banda C nos EUA fatura US$ 81 bilhões. Só a Verizon gastou US$ 45 bi


A Federal Communications Commissiona (FCC) avisou ontem, 24, que concluiu o leilão da banda C no país. O espectro será destinado operadoras móveis para implantação das redes 5G. Foram vendidas todas as 5.684 licenças disponível, pelo valor total de US$ 81,11 bilhões – um recorde.

O último leilão que mais faturou no país havia sido do espectro AWS-3. À época, levantou US$ 45 bilhões. Dessa vez, a Verizon, sozinha, gastou mais que o valor de leilão passado inteiro. A operadora comprou 3.511 licenças, ao custo total de US$ 45,45 bilhões.

PUBLICIDADE

A segunda maior compradora de frequências foi a AT&T, que arrematou 1.621 licenças por US$ 23,4 bilhões. A T-Mobile, que já é detentora de grande quantidade de espectro no país, gastou menos: US$ 9,33 bilhões por 142 licenças.

Os valores dos lances são brutos, e não consideram reembolsos previstos pelas regras do leilão, de 20% do valor bruto. A Verizon, portanto, terá um abatimento de US$ 9 bilhões e vai realizar o aporte líquido de US$ 36,36 bilhões pelas licenças. A AT&T receberá uma conta de US$ 18,72 bilhões. E o cheque da T-Mobile será de US$ 7,46 bilhões.

Anterior Ponta Sul também ficou com 10% da Bemobi
Próximos Fibrasil terá controle compartilhado