“La donna é mobile, il mercato pure.” (1)


Com o boom do mercado móvel, é preciso discutir as melhores práticas para o marketing móvel. Já vai longe o tempo em que somente “la donna era mobile” . Hoje, mais de um bilhão de equipamentos móveis são vendidos anualmente em todo mundo e, graças à convergência de meios digitais, rapidamente estão sendo a opção …

Com o boom do mercado móvel, é preciso discutir as melhores práticas para o marketing móvel.

Já vai longe o tempo em que somente “la donna era mobile” . Hoje, mais de um bilhão de equipamentos móveis são vendidos anualmente em todo mundo e, graças à convergência de meios digitais, rapidamente estão sendo a opção preferencial de tela para os consumidores. A mobilidade possibilita que as marcas estejam sempre juntas a seus consumidores, sempre ligados e conectados, em um diálogo único e personalizado entre ambos. Agências de publicidade, anunciantes, fabricantes de aparelhos, operadoras, provedores de softwares e de serviços, empresas de mídia, entretenimento e tecnologia formam um ecossistema voltado para a venda de produtos e serviços de marketing móvel relevantes para o consumidor. E o consumidor, seja ele heavy user ou não de mobilidade, cliente de planos pós ou pré-pagos, está ávido por novidades.

PUBLICIDADE

Dados de mercado mostram claramente essa evolução. Recente pesquisa (2) no mercado norte-americano – importante indicador da evolução dos investimentos em marketing móvel – revela que o total do budget de marketing para mobilidade deverá passar de 1,8% em 2010 para cerca de 4% em 2011, crescendo de aproximadamente 2,3 bilhões de dólares em 2010 para cerca de 5,4 bilhões em 2011. No mesmo período a alocação de verba em TV deverá crescer 4,5%, eventos 16%, on-line digital 8,7% e mobile 124%. Já o Brasil, no primeiro trimestre deste ano, registrou 11,9 milhões de conexões à internet em banda larga via celulares e dispositivos móveis, ultrapassando o volume de 11,8 milhões de usuários de serviços de banda larga fixa – via cabo, fibra óptica e rede de telefonia (3). Somente nesse período foram registrados 4,9 milhões de novos acessos móveis no país, sendo 6,2 acessos/100 habitantes, disponível para 64,9% da população e em 13,1% dos municípios, representando aproximadamente 15% da receita das operadoras móveis no Brasil.

Essa mesma pesquisa destaca que o crescimento da internet móvel brasileira foi impulsionado principalmente pelos celulares 3G que tiveram um salto de quase seis vezes em vendas em um ano, perfazendo 6,6% do total dos celulares. No período de janeiro a março, os dispositivos conectados somaram 8,7 milhões ante 1,5 milhão no primeiro trimestre do ano passado. Banda larga móvel é o serviço de maior crescimento no Brasil, perfazendo 227% em 2009 e 70% no primeiro trimestre de 2010.

Com esse boom do mercado móvel cabe às empresas que compõem esse ecossistema discutir as melhores práticas para o marketing móvel, como as marcas podem maximizar esse canal, como as tecnologias móveis podem tornar-se cada vez mais estandardizadas e acessíveis quando incorporadas às estratégias de marketing e outros assuntos relativos à convergência e mobilidade, criando padrões de melhores práticas para proteger a experiência do consumidor.

A Mobile Marketing Association (MMA), principal associação global, tem como objetivo alavancar o crescimento do marketing móvel e suas respectivas tecnologias. É uma organização orientada para a ação, criada para desimpedir obstáculos ao desenvolvimento de mercado, estabelecer práticas de mídia móvel e melhores práticas para o desenvolvimento sustentável e fomentar a utilização do meio móvel. Com mais de 700 companhias participantes representando mais de 40 países, incluindo todos os membros do ecossistema de mídia móvel, atua na América do Norte, Europa, Oriente Médio, África e Ásia Pacífico e agora está consolidando sua atuação na América Latina, onde conta hoje com mais de 75 membros, sendo 43 no Brasil.

Atuando através de comitês, os membros da MMA buscam soluções para o desenvolvimento do marketing móvel: métricas e pesquisa, melhores práticas para o consumidor e publicidade móvel são exemplos dessa tarefa. As Melhores Práticas no Trato com o Consumidor (MPC) da MMA é um guia para a implementação e desenvolvimento de campanhas de marketing móvel baseadas em SMS. Este documento é, em sua essência, uma compilação de práticas aceitas de modo geral pelo mercado de marketing móvel, de regras e políticas das operadoras de telefonia móvel e do acordo entre membros representantes de todo o ecossistema de mobilidade sobre questões relativas à regulamentação destas práticas. Estas MPC foram elaboradas pelo Comitê de Melhores Práticas da MMA em 2009, com o objetivo de incentivar o desenvolvimento do marketing móvel e estão passando por uma atualização. Seu foco principal está na proteção e privacidade do consumidor, pois acreditamos que o crescimento sem a satisfação do consumidor não é sustentável. Recomendamos a todas empresas e profissionais envolvidos em ações de marketing móvel, no Brasil, o conhecimento, adoção e implementação destas Melhores Práticas que podem ser encontradas no: http://mmaglobal.com/uploads/bestpracticesbrazil.pdf

Outra iniciativa da associação será o MMA Forum – que acontecerá em São Paulo, nos dias 1 e 2 de setembro próximo, no Blue Tree Towers Morumbi – onde promoverá o conhecimento e troca de informações entre os parceiros da MMA e demais participantes, através de agendas interativas que contarão, inclusive, com estudos de casos cujo objetivo é agregar conhecimento a um setor que se desenvolve rapidamente. Na agenda, estão programadas palestras de reconhecidos nomes tanto nacionais quanto internacionais, dentre os quais destacamos: Tomi Ahonen, autor, consultor e palestrante motivacional, Simon Andrews, fundador da addictive, Jeffrey Hayzlett, autor bestseller, celebridade Chief Marketing Officer, líder do pensamento digital; Josh Weinrobe, diretor de desenvolvimento de negócios da Turner Broadcasting System Latin America, Inc. e Maria Luisa Askar López, diretora de mídia da Unilever Brasil. Convido a todos que aqui me lêem para comparecer e acompanhar de perto a (r) evolução que a mobilidade vem proporcionando nos negócios, na mídia e, consequentemente, no cotidiano das pessoas.

1 -Inspirado na ópera Rigoletto – Giuseppe Verdi

2 – Pesquisa MMA Research Partners – Maio 2010 – resultados preliminares

3 – Balanço Huawei de Banda Larga Móvel 1T 2010 – preparado pela Teleco

Marco Lopes é diretor geral da Mobile Marketing Association – Latam

Anterior Justiça divulga diretrizes para compras na internet
Próximos TAM obtém autorização para uso de celulares em voo