PORTAL DE TELECOM, INTERNET E TIC

Mercado

IPCA cai pelo 3º mês seguido, com influência de telecom

Índice geral para setembro foi de 0,29%. Comunicação está entre setores que influenciaram resultado, representando 0,11 ponto percentual da queda mensal.

IPCA cai por 3º mês seguido, com influência da Comunicação

Setembro fechou com Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de -0,29%, o terceiro mês seguido de deflação, com influência do setor de telecom. O resultado foi divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta terça-feira, 11.

De acordo com o IBGE, assim como em agosto, o grupo dos transportes foi o que mais contribuiu com o impacto negativo mais intenso sobre o IPCA do mês: -0,41 ponto percentual (p.p.). Em seguida, está os o grupo de Comunicação (com -2,08% de variação individual) e Alimentação e bebidas (-0,51%), ambos representando -0,11 p.p.

No ano passado, Comunicação havia fechado o mês de setembro com alta de 0,07 no IPCA, sendo a segunda alta consecutiva (em agosto de 2021, subiu 0,23).

ICMS

Até julho, os resultados do IPCA para o grupo da Comunicação estavam superiores aos dos anos anteriores. A deflação ocorreu principalmente após estados e municípios regulamentarem a lei que incluiu telecom, transporte coletivo, combustíveis e energia no rol de bens e serviços essenciais para fins de tributação, proibindo cobrança de ICMS superior à alíquota geral – o que reduziu as taxas para valores entre 17% e 18%. As atualizações ocorreram entre o final de junho e início de julho, com impacto principalmente a partir de agosto.

 

Dos nove grupos de produtos e serviços pesquisados, quatro tiveram queda em setembro, todos eles com impactos diretos ou indiretos da redução do ICMS.

De acordo com o IBGE, o recuo do grupo Comunicação (-2,08%) foi puxado por acesso à internet (-10,55%) e por telefonia, internet e tv por assinatura (-2,70%). Juntos, os dois subitens contribuíram com -0,09 p.p. no IPCA de setembro.

Os equipamentos de telecom aparecem como influência na queda do IPCA no grupo dos Artigos de residência (o quarto grupo com queda). Segundo o instituto, a variação negativa de -0,13% para este nicho está relacionada à queda do item TV, som e informática (-1,84%), tendo em vista a redução dos preços dos televisores (-2,66%).

TEMAS RELACIONADOS

ARTIGOS SUGERIDOS



 

Demanda por DWDM cresce e Multi PRO | ZTE amplia portfólio.
Além do DCI ZXONE – 7000 C2D produto lançado recentemente, a marca trará atualizações para equipamentos que já estão no mercado