Interconexão e portabilidade, condições para a Telmex oferecer triple play.


Para ser autorizada prover o serviço de TV paga, a Telmex deve, primeiro, abrir sua rede para que as empresas de TV por assinatura ofereçam serviços de telefonia. Essa foi a condição estabelecida pelas autoridades regulatórias do país, segundo noticiou hoje, 25, o El Universal, do México. O Acordo de Convergência, que permitirá às operadoras …

Para ser autorizada prover o serviço de TV paga, a Telmex deve, primeiro, abrir sua rede para que as empresas de TV por assinatura ofereçam serviços de telefonia. Essa foi a condição estabelecida pelas autoridades regulatórias do país, segundo noticiou hoje, 25, o El Universal, do México. O Acordo de Convergência, que permitirá às operadoras de TV oferecer telefonia e às de telecom incursionar pelo mundo das imagens, incluirá a obrigação de estabecer uma cláusula de garantia estabelecendo que a Telmex permita não apenas a interconexão, mas a portabilidade, ou seja, assegure que o cliente que queira trocar de operadora mantenha seu número.

Essas foram as condições recomendadas pela Comissão Federal de Concorrência (CFC) para promover uma competição justa e assegurar que os usuários se beneficiem com tarifas mais baixas ao receber telefonia, televisão e acesso à internet em um mesmo pacote. Com a vigência do Acordo, prevista para 45 dias depois de sua publicação, as empresas de cabo terão 15 dias para aderir ao acordo de interconexão; e a Telmex, prazo de 60 dias para assinar contrato com todas as operadoras de cabo interessadas, e mais 60 para efetivar a interconexão.

Quanto à Telmex, propõe que todos os players possam oferecer triple play ao mesmo tempo e, por isso, se recusa a aceitar a condição imposta pela Comissão de Concorrência para começar a oferecer serviços convergentes.

(Da Redação)

Anterior Grupo de trabalho do Minicom terá 45 dias para concluir análise sobre processos de radiodifusão
Próximos Celulares sobre Linux, uma realidade.