PORTAL DE TELECOM, INTERNET E TIC

Devices

Intel lança processadores Xeon de quarta geração

Novos chips foram projetados para potencializar desempenho, segurança, IA, nuvem, rede e borda
Intel lança o processador Xeon de quarta geração
Intel apresentou os processadores da linha Xeon de quarta geração e soluções para data centers (crédito: Intel Corporation)

A Intel anunciou, na terça-feira, 10, o lançamento dos processadores escaláveis Xeon de quarta geração (codinome Sapphire Rapids), Xeon CPU Max Series (codinome Sapphire Rapids HBM) e Intel Data Center GPU Max Series (codinome Ponto Vecchio).

Segundo a empresa de tecnologia, as soluções devem potencializar o desempenho, a eficiência e a segurança de equipamentos eletrônicos, além de oferecer novos recursos de centro de dados para inteligência artificial (IA), nuvem, rede e borda. Os processadores também devem ser utilizados nos supercomputadores mais potentes da atualidade.

Além disso, a companhia informou que os chips da linha Xeon de quarta geração foram projetados para otimizar o gerenciamento de energia e desempenho, favorecendo uso dos recursos da CPU no que diz respeito à sustentabilidade do sistema.

“O lançamento dos processadores escaláveis Xeon de 4ª geração e da família de produtos Max Series é um momento crucial para estimular a recuperação da Intel, reativando nosso caminho para a liderança em centro de dados e aumentando nossa presença em novas áreas”, disse, em nota, Sandra Rivera, vice-presidente executiva da Intel e gerente geral do Datacenter And AI Group.

A empresa também afirmou que os processadores mais modernos da família Xeon foram concebidos para priorizar altas cargas de trabalho.

Em comparação com as gerações anteriores, as soluções de quarta geração apresentam uma melhoria média de desempenho por watt de 2,9 vezes para cargas de trabalho direcionadas ao utilizar aceleradores integrados e economia de energia de até 70 watts por CPU no modo de energia otimizado com perda mínima de desempenho, além de redução de 52% a 66% de custo total de propriedade (TCO).

Atualmente, há mais de 100 milhões de processadores Xeons instalados no mercado, os quais são utilizadas para executar serviços de TI, gerenciamento de tráfego na internet, computação de estação base sem fio na borda e serviços em nuvem. (Com assessoria de imprensa)

TEMAS RELACIONADOS

ARTIGOS SUGERIDOS



 

Demanda por DWDM cresce e Multi PRO | ZTE amplia portfólio.
Além do DCI ZXONE – 7000 C2D produto lançado recentemente, a marca trará atualizações para equipamentos que já estão no mercado