Icann adia fim de contrato com governo dos EUA


A Internet Corporation for Assigned Numbers (Icann) adiou o término do contrato com o com a National Telecommunications and Information Administration (NTIA), órgão do governo dos Estados Unidos atualmente responsável pela administração das funções IANA (de atribuição de nomes e números de domínios na internet).

Desde 2008 se debate como reduzir a influência do governo norte-americano na Icann. Em março de 2014, a NTIA pediu à Icann uma proposta de transição para que as funções IANA seja administradas sob um modelo multisetorial. Sem chegar a um consenso, a Icann decidiu adiar para meados do próximo ano o início da transição. A expectativa de Fadi Chehadé, CEO da Icann, é aproveitar o encontro do grupo, que está acontecendo em Buenos Aires até 25 de junho, para definir uma data exata para apresentar a proposta à NTIA. O adiamento já era esperado.

Agora, o contrato com o órgão norte-americano deve ser prorrogado. De acordo com Chehadé, a votação para isso acontecerá no máximo até o final de agosto. Segundo ele, a transição deve ser iniciada o quanto antes, para que a mudança presidencial nos EUA não atrapalhe o processo. A proposta de transição, uma vez definida, deverá ser aprovada pela NTIA, em um processo que pode levar até 4 meses para ser concluído.

PUBLICIDADE
Anterior MCTI lança até setembro consulta para novo marco da inovação
Próximos Oi anuncia fim da emissão de €600 milhões de dívida no exterior