IBGE: Serviço de telecom cai 1,9% e de TI sobe 3,9% em setembro


No geral, os serviços recuaram em volume, com ajustes sazonais, 0,3%. Os serviços de telecomunicações caíram mais em volume: 1,9% em relação a agosto e 3% acumulados no ano de 2016. Os serviços de TI, no entanto, estão de vento em popa: cresceram 3,9% frente a agosto, 0,6% no ano e 7% em relação a setembro de 2015.

shutterstock_agsandrew_icones

Em setembro de 2016, na série livre de influências sazonais, o volume de serviços recuou 0,3% frente ao mês anterior, após ter registrado queda de 1,4% em agosto e crescimento de 0,6% em julho. Sem ajuste sazonal, no confronto com igual mês do ano anterior, houve queda de 4,9%, a maior para o mês de setembro na série iniciada em janeiro de 2012, e a 18ª taxa negativa consecutiva nesse tipo de comparação. O acumulado nos nove meses de 2016 ficou em -4,7% e, nos últimos 12 meses, em -5,0%.

Os Serviços de Informação e Comunicação tiveram, na média, uma queda de 0,6% no mês contra um desempenho de 0% em agosto. Esse resultado se deve a: os Serviços de TIC tiveram queda de 0,4% gerados porque os serviços de telecomunicações caíram 1,9% em volume mas os de informática cresceram 3,9% em setembro, frente à queda de 0,7% em agosto.

PUBLICIDADE

Os serviços audiovisuais, de edição e agências de notícias, que também fazem parte desse indicador, continuam em sua trajetória descendente, com queda de 8% em setembro. Em agosto, caíram 0,6%.

Em receitas, os serviços de telecomunicações também caíram 1,1% frente a uma recomposição de 1,1% em agosto, e os de TI cresceram 4,7% frente a um aumento de 0,6% em agosto. (com assessoria de imprensa).

Anterior Mercado de cloud está prestes a "explodir" no Brasil, prevê a Acronis
Próximos Anatel confirma nova data para mediação da dívida da Oi