Huawei implanta 5G em seu centro de logística em SP


A Huawei fez hoje, 6,uma demonstração virtual de seu centro de distribuição e logística, de 22 mil metros quadrados, localizado em Sorocaba, São Paulo. O armazém teve a sua estrutura modificada a partir de fevereiro deste ano, tornando-se um centro inteligente, com linhas de distribuição automatizadas e uso de robôs em todas as fases do armazenamento dos produtos da fabricante e sua distribuição para o país.

Segundo Tiago Fontes, gerente de Marketing Estratégico da empresa, foi  necessária a instalação de uma única Erb com a tecnologia 5G para fazer a conexão de todas as máquinas do armazém. A empresa usa a frequência de 3,5 GHz na operação, licenciada pela Anatel para testes experimentais.

PUBLICIDADE

Conforme Fontes, a Huawei acabou optando por usar a tecnologia de quinta geração porque somente essa nova tecnologia conseguiu dar conta de conexões massivas, como é o caso dos inúmeros robôs que estão no armazém, e que utilizam 20 Mbp/s de dados cada um. “A LTE não suportaria todo esse consumo”, afirmou ele.

Além disso, ressaltou, o centro de distribuição está fazendo o controle e o envio de material em tempo real, ou seja, precisa de uma baixa latência, também só fornecida pela 5G.

Os resultados, segundo ele, já começam a aparecer, como o ciclo da produção que diminuiu de 17 horas para 7 horas; ou a redução de 35% em erros com envio de material. Mas Fontes admitiu que ainda é cedo para saber se essa tecnologia será a melhor em termos de custo/benefício e de modelo de negócios a ser implementados no chão de fábrica.

Anterior Campo Digital: Sistemas de gestão conquistam o pequeno e o grande produtor
Próximos Santander e China Bank também apresentam objeções ao aditamento da Oi