Huawei forma parceria com Cambridge Wireless para desenvolver rede privada 5G na Inglaterra


Huawei e Cambridge Wireless anunciaram nesta semana uma parceria para desenvolver uma plataforma de testes para rede 5G móvel privada. A Cambridge Wireless é uma comunidade internacional controlada pelo seu próprio conselho – composto por Samsung, Qualcomm, Huawei, entre outras – para companhias envolvidas com pesquisa de tecnologias sem fio.

O lançamento da plataforma de teste 5G está previsto para janeiro de 2021. Com isso, se espera trazer para a comunidade pesquisa e transformação digital de ponta com aplicações em cirurgias remotas, veículos autônomos e energia limpa. Ela ficará localizada na Cambridge Science Park, área da Universidade de Cambridge, que abriga outras 120 companhias de tecnologias e empresas scale-up.

PUBLICIDADE

A plataforma de teste marca o início de uma parceria de três anos entre as duas organizações. Isso inclui eventos conjuntos, apoio nos negócios e treinamento digital. O intuito principal da colaboração é explorar de que forma tecnologias wireless avançadas podem ter um amplo impacto na sociedade e na economia.

“Nós esperamos trazer algo único para o Science Park para acelerar aplicações e o desenvolvimento dessa tecnologia. Nós convidamos empresas ambiciosas para se envolverem e, através dessa empolgante parceria de três anos com a Huawei, nós vamos apoiar suas jornadas 5G”, comentou Simon Mead, CEO da Cambridge Wireless.

Reino Unido baniu Huawei do 5G em seu território

Em julho deste ano, o Reino Unido proibiu empresas de adquirirem equipamentos 5G da Huawei e definiu que até 2027 não deveria haver mais nenhum equipamento 5G em seu território. A medida foi tomada após pressão dos Estados Unidos. Por ser independente do governo central, a Cambridge Wireless diz que pôde fechar o acordo com a Huawei. Tal movimento foi visto como uma discordância da comunidade sobre o banimento da empresa no país.

“Nosso comprometimento com o Reino Unido e com a indústria permanece tão forte como sempre e nós iremos continuar a oferecer nossa expertise e tecnologia a os nossos parceiros para promover conexões e inovação”, afirmou Victor Zhang, vice-presidente da Huawei. (Com assessoria de imprensa)

Anterior Edital do 5G só vai ressarcir realocação dos usuários de satélites
Próximos Lucro da Cisco cai 26% no trimestre