Huawei entra no mercado brasileiro de aparelhos celulares


A fabricante chinesa Huawei, no Brasil desde 2005, anunciou hoje a entrada “para valer” no mercado de terminais no Brasil. Com apenas dois modelos de celulares vendidos hoje no varejo, a empresa quer chegar ao final do ano com dez modelos de celulares no varejo e nas operadoras, além de reforçar a venda de modens e lançar seu tablet, com sistema operacional Android.

A empresa já conquistou uma boa fatia do mercado de infraestrutura no país e fechou 2009 com faturamento de US$ 1,2 bilhão no país (globalmente faturou US$ 21,8 bilhões). Na área de terminais, a empresa quer vender telefones fixos e móveis, numa combinação com os roteadores 3G, que “transformam” um modem 3G num roteador Wi-Fi, permitindo que o acesso a internet seja compartilhado por até cinco usuários.

PUBLICIDADE

Para ganhar participação de mercado, a Huawei vai focar sua estratégia em quatro pilares: No formato dos aparelhos, combinando teclado Qwerty com tela Touch, preço acessível, inovação e qualidade garantida, segundo Marcelo Najnudel, gerente de marketing da área de terminais da Huawei. “O público jovem é sensível a marca, mas é também a preço e gosta de inovação”, comentou.

Entre os terminais que serão lançados até o Natal, há aparelhos dirigidos ao público jovem, coloridos, com aplicativos para facilitar o acesso às redes sociais e o envio de mensagens de texto. Os aparelhos que chegará ao ao mercado brasileiro até o final do ano terão preços que variam de R$ 249,00 a R$ 379,00. Para o tablet, ainda não há previsão de lançamento e a empresa não informou por quanto será vendido. “Queremos lançar este ano mas ainda estamos fechando acordos com as operadoras”, informou Najnudel.

Além dos dois modelos que tem hoje no varejo, a Huawei tem seus terminais vendidos pela Vivo e pela Claro e tem um modelo que é comercializado com exclusividade pela TIM. Pedro Vasconcellos, gerente senior de marketing, informou que a empresa já fechou acordos com as operadoras para a venda conjunta de quatro modelos. Com a Vivo já tem planejado o lançamento para o final deste mês do G6620 (focado nos jovens executivos), com preço de R$ 349,00; e o G7002, com tela touch screen (R$ 279,00), que será oferecido junto com o modem.

Participação no mercado

Os executivos da Huawei evitam falar das metas de participação no mercado. Najnudel, no entanto, antecipou que a empresa deve vender este ano no Brasil 1,4 milhão de aparelhos celulares e 3 milhões de modems (em 2009 encerrou o ano com 2,5 milhões de modems comercializados no país).

PUBLICIDADE
Anterior Rede da Telebrás deve entrar em operação já integrada à do Ceará
Próximos Oi diz que déficit da universalização é de R$ 6,4 bi