Huawei e Proximus alegam ter obtido velocidade de 1 Tbps no backbone


A Huawei e a Proximus, operadora móvel da Bélgica, afirmaram ter alcançado velocidade de transmissão no backbone superior a 1 terabit por segundo (Tbps). As empresas usaram o chamado supercanal OTN na infraestrutura óptica instalada da operadora. Essa velocidade equivale à transmissão de 33 filmes HD em um único segundo.

O objetivo era determinar se a tecnologia pode ser integrada no núcleo de rede (Core Network). De acordo com as empresas, o resultado foi positivo e demonstra que, no futuro, o backbone óptico da Proximus com capacidade para canais de 200 Gbps pode ser facilmente adaptado para canais de 400 Gbps e até supercanais de 1Tbps. Ao reutilizar a plataforma óptica, o chassis e o slot existentes, é possível atualizar a capacidade de transmissão dos principais links da rede de 16 Tbps para 20Tbps.

A transmissão foi conduzida por um link de fibra de 1040 km usando uma infraestrutura “Flexgrid” com a plataforma Optical Swith Node OSN 9800 da Huawei. Esta abordagem aumenta a capacidade em um cabo de fibra ao comprimir os espaços entre os canais de transmissão. Além disso, há um aumento da densidade dos canais de transmissão de fibra, tornando-os cerca de 150% mais eficientes do que os atuais e convencionais links de 100 Gbps. O teste foi realizado com o Huawei 1Tbps OTN line card.

PUBLICIDADE
Anterior "Governo ganhou com desoneração", afirma Abinee
Próximos Concessão light, perpétua, de infraestrura, de serviço único. Modelos do setor em discussão