Home office fez empresa de aluguel de computadores dobrar de tamanho em 2020


A Agasus, empresa de locação de equipamentos, outsourcing e soluções em TI, anunciou hoje, 22, que espera encerrar 2020 com um faturamento de R$ 90 milhões. O valor representa um crescimento de 100% em relação ao ano anterior. Para 2020, a empresa estabeleceu a meta de faturar R$ 140 milhões.

Também neste ano, a empresa se expandiu para oito cidades. Sua primeira filial foi no Rio de Janeiro e depois passou a incluir também as cidades de Ribeirão Preto, Belo Horizonte, Brasília, Fortaleza, Recife, Curitiba e Porto Alegre.  A inauguração das novas filiais permitiu à Agasus maior agilidade no suporte técnico e redução do prazo de entrega dos equipamentos locados nas regiões.

PUBLICIDADE

A empresa se beneficiou com a disseminação do home office, regime que impulsionou um aumento de 300% no segmento de aluguel de curto prazo. Nesse cenário, a Agasus quase dobrou o tamanho de seu time e ampliou o estoque de ativos para 80 mil, um acréscimo de 30 mil em comparação a 2019.

Além disso, a companhia adquiriu em setembro a a JR1, revendedora de equipamentos seminovos. O que levou a empresa a um novo segmento de atuação. Em junho, a Agasus uniu-se à TOTVS para a oferta de assinatura de software de gestão de consultórios e aluguel de equipamentos Apple. Em novembro, tornou-se parceira do Google for Education para a oferta de locação de Chromebooks já equipados com o G Suite for Education. (Com assessoria de imprensa)

Anterior Migração da TV por satélite atende melhor a política pública para 5G, diz gerente da Anatel
Próximos Leilão da banda C dos EUA bate recorde de arrecadação