Grupo Inepar pede recuperação judicial


A Inepar Indústria e Construções entrou com pedido de recuperação judicial na Comarca de Araraquara, em São Paulo. O pedido foi feito em conjunto com a Inepar Equipamentos e Montagens, Inepar Telecomunicações, Inepar Administração, IESA Projetos, IESA Óleo e Gás, IESA Transportes, Sadefem e TT Brasil. O pedido foi feito “em caráter de urgência”, após deliberação do conselho de administração.

“A despeito dos esforços da administração junto a credores, clientes e potenciais investidores, o pedido de recuperação judicial se mostrou inevitável diante do agravamento da situação de crise econômico-financeira da companhia”, diz a empresa, em comunicado ao mercado divulgado nesta segunda-feira (1º).

O objetivo é proteger o valor dos ativos das sociedades, atender de forma organizada e racional aos interesses da coletividade de seus credores, na medida dos recursos disponíveis e, principalmente, manter a continuidade das atividades, afirma a empresa. No comunicado ressalta ainda que outras informações sobre o processo serão “oportunamente divulgadas”.

PUBLICIDADE

No pedido de recuperação judicial, o grupo sustenta que todas as suas atividades são voltadas para o setor de infraestrutura, “setor este que depende das taxas de crescimento adequadas de PIB, que geram demandas por investimentos públicos e privados, as quais não vêm ocorrendo no Brasil nos últimos anos”.

Anterior Jon Gearinger: O que esperar do SDN?
Próximos Odebrecht escolhe plataforma para construir sua própria nuvem