Governo troca chefe da Secom


(Brasília – DF, 20/05/2019) Apresentação da 2ª Fase da Campanha Publicitária da Nova Previdência.
Foto: Marcos Corrêa/PR

O presidente Jair Bolsonaro trocou o chefe da Secretaria de Comunicação Social do Ministério das Comunicações nesta quinta-feira, 11. Sai o empresário Fábio Wajngarten, entra o almirante Flavio Augusto Viana Rocha. A troca foi publicada hoje no Diário Oficial da União.

O militar ocupará o cargo interinamente, e continua no comando da Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência.

Até junho do ano passado, a Secom era vinculada à Presidência da República, mas passou para o Ministério das Comunicações quando a pasta foi recriada. A secretaria é responsável pelo gerenciamento de contratos publicitários do governo. Faz também a coordenação da comunicação institucional.

PUBLICIDADE

Em 2020, o jornal Folha de S.Paulo publicou denúncia segundo a qual Wajngarten permanecia como sócio de empresa contratada pela Secom. A partir de então, passou a ser investigado pela Polícia Federal por suspeita de cometer três crimes: corrupção, peculato e advocacia administrativa. À época, ele alegou que os contratos haviam sido firmados antes de sua indicação ao cargo, em abril de 2019.

Anterior EllaLink conclui instalação marinha do cabo que liga Brasil à Europa
Próximos Furukawa desenvolve sistema IoT para monitorar fibra óptica