Governo reduziu em 62,8% gastos do MCTIC


grafico-negativo-dinheiro-setaO Tesouro Nacional, responsável pela gestão do caixa do governo federal, anunciou ontem, 23, o balanço financeiro para o mês de janeiro. Os gastos mostram um aperto no cinto, com forte redução de repasses aos ministérios. No caso do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), a verba ficou em R$ 152,1 milhões, 62,8% menos que um ano antes.

Vale lembrar que em janeiro de 2016, MCTIC e Minicom ainda operavam separadamente. Por isso a comparação é pro-forma.

O corte do MCTC foi, proporcionalmente, o maior dentre todos os ministérios. Os demais afetados foram Educação (corte de 58,8%), Defesa (-55,3%), Saúde (-46,6%) e desenvolvimento social (-16,7%). Veja os valores na tabela abaixo.

O governo federal teve uma queda de 2,7% da receita em relação a janeiro de 2016. O valor somou R$ 137,36 bilhões. As despesa caíram 8,6%, para R$ 99,8 bilhões. O saldo, tanto em janeiro de 2016, quanto de 2017, ficou positivo em pouco mais de R$ 37 bilhões.

O governo indicou, na divulgação dos número, que vai manter o cinto afivelado. O déficit primário acumulado em 12 meses terminou janeiro em R$ 152,8 bilhões. A meta é encerrar o ano em R$ 139 bilhões.

Anterior Ligações de telefone fixo para móvel ficam mais baratas amanhã
Próximos Receita do Mercado Livre cresce 30% em 2016. No Brasil, 60%.