Governo autoriza o BNDES a vender a Dataprev


A Fazenda Nacional deu sinal verde para o BNDES vender a participação da União na Dataprev. Portaria publicada nesta quarta-feira, 22, ressalta que o gestor do Fundo Nacional de Desestatização deve seguir as condições aprovadas pelo conselho do Programa de Parcerias de Investimentos.

Criada em 1974, a Dataprev é responsável, entre outros serviços, pelo processamento do pagamento mensal de cerca de 35 milhões de benefícios previdenciários e pela aplicação on-line que faz a liberação de seguro-desemprego. A empresa também processa as informações previdenciárias da Receita Federal do Brasil e responde pelas funcionalidades dos programas que rodam nas estações de trabalho da maior rede de atendimento público do país, somadas as Agências da Previdência Social aos postos do Sistema Nacional do Emprego (Sine).

A empresa possui Unidades de Desenvolvimento de sistemas em cinco estados (CE, PB, RN, RJ, SC) e três data centers, localizados no Distrito Federal, Rio de Janeiro e em São Paulo. Recentemente, a estatal anunciou o fechamento de 20 unidades, alegando que davam prejuízos. A previsão é de demissão de 442 servidores, que já estão em greve e pretendem recorrer à justiça.

PUBLICIDADE

Ainda não está claro o que acontecerá com os dados de brasileiros detidos pela estatal, mas é provável que fiquem sob custódia do comprador, sob contrato.

Anterior Oi abre no Rio museu interativo que mescla cultura, história e tecnologia
Próximos Oi queimou R$ 373 milhões do caixa em novembro