Google anuncia novidades para uso de apps em redes de baixa qualidade no Brasil


Empresa lança chamada de voz em aplicação de videoconferência, backup de fotos que reconhece conexões lentas e anuncia que terá versão em português do Brasil da Assistant, ferramenta de inteligência artificial que conversa com o usuário

google-campusO Google anunciou uma série de incrementos a seus aplicativos de mensagem e backup para permitir o uso em redes de baixa qualidade, com foco no Brasil. Em evento realizado hoje, 23, em São Paulo a empresa lançou, antes do resto do mundo, o recurso de chamadas em voz no app Google Duo, de videochamadas. O recurso começou a funcionar nesta quarta-feira na ferramenta, e, segundo a empresa, tem baixíssimo consumo de dados.

A empresa também colocou no Google Allo, app de troca de mensagens, recurso de compartilhamento de documentos em grupos. A partir de hoje, os usuários podem enviar aos grupos documentos .pdf, .doc, .apk, .zip e .mp3. O aplicativo também recebeu capacidade de machine learning para entender melhor como o brasileiro usa emojis, passando a sugerir smileys mais “relevantes” para as conversas em português brasileiro.

O Google Photos foi outro que recebeu um upgrade para adequar seu uso a redes lentas. Foram dois recursos lançados hoje: backup de baixo consumo de dados e compartilhamento de grupo de imagens também de baixo consumo.

PUBLICIDADE

No novo backup, as fotos são enviadas à nuvem em um formato prévio pequeno, rápido o suficiente em redes 2G, mas com qualidade ainda boa de visualização no smartphone. Quando o usuário se conectar a uma rede WiFi, então o app transfere as fotos em qualidade original. Já o envio de fotos em grupo permite o compartilhamento das fotos em baixa resolução mesmo em redes lentas. As fotos serão carregadas com mais qualidade quando você e as pessoas que receberam as imagens forem a redes melhores.

A empresa também deixou o recurso de criação automática de vídeos mais inteligente, capaz de compreender melhor o contexto do grupo de imagens recentes e, por exemplo, colocar trilha sonora de Samba em uma animação de fotos feitas durante o Carnaval.

A empresa anunciou, ainda, melhoramentos no Maps, seu aplicativo de georreferenciamento. Agora o usuário poderá compartilhar sua localização e o trajeto que está fazendo, em tempo real, com outros. Poderá encontrar amigos, e gerenciar as configurações de privacidade, caso queira evitar que determinados contatos o encontrem.

Busca melhorada

Vanessa_Animated_Post

O mecanismo de busca no Now, assistente usado nos smartphones, também foi aperfeiçoado. Apenas no Brasil e nos Estados Unidos, a partir de hoje, quem fizer buscas por personalidades que tenham organizações, museus, ou sejam figuras públicas, como artistas, recebem não apenas os resultados em links, mas também uma tabela contendo datas de shows, preços de ingressos, horários de exposições etc. Essas organizações terão acesso a uma plataforma que permite postar diretamente no Google resultados para as buscas.

Além disso, o Google avisa que está desenvolvendo um versão em português do Brasil da Assistant, sua plataforma de inteligência artificial acionada por voz. A ferramenta estará disponível, ainda sem data definida, nos celulares que usarem o Android Marshmallow ou o Nougat (versões 6 e 7 do sistema).

Por fim, a gigante avisou que vai repassar US$ 5 milhões à Fundação Lemann para dispêndio em projetos de edução digital no país e que concluiu a digitalização do acervo do Museu de Arte de São Paulo (MASP), que agora pode ser visto na página Google Arts & Culture.

Anterior "MP viabiliza acordo da Oi e fortalece agência para intervir, se precisar", afirma André Borges
Próximos Telebras prorroga consulta sobre edital de venda de capacidade do SGDC