Gired ainda busca consenso para o desligamento do sinal de TV em Brasília


tv-digital-torre-antena936x600 transmissão predioFaltando pouco mais de um mês para o desligamento do sinal de TV analógico na Capital Federal,  o Gired – Grupo que administra a transição – ainda não conseguiu fechar o consenso sobre os critérios da pesquisa que serão usados para confirmar se haverá ou não o desligamento dos sinais de TV analógico na data marcada- dia 26 de outubro. Para haver o desligamento, 93% dos lares precisam estar aptos a receberem os sinais digitais.

Os radiodifusores continuam contrários à metodologia sugerida pelo Ibope, de desconsiderar 10% das TVs de telas planas que estão nas residências de Brasília. Com esse critério, o número de residências que estariam prontas para receber os sinais digitais seriam hoje de 84%. Para os donos das emissoras de TV, no entanto, esse percentual não atinge ainda 79%.

A proposta do presidente do Gired, Rodrigo Zerbone, é de que seja acatada essa proposta para Brasília, pois o prazo está bem próximo do desligamento, até que se discuta uma nova metodologia para São Paulo, próxima cidade prevista para o desligamento, em março de 2017. A próxima reunião do Gired está marcada para o dia 5 de outubro.

PUBLICIDADE
Anterior UIT: três países concentram 45% da população desconectada
Próximos LTE será usado por até 5,6 bilhões de pessoas em 2022