Gastos com telefonia entram no corte de 15% do governo


Os serviços de telefonia móvel e fixa e os gastos com acesso a internet terão que ser também ter seus custos cortados em 15%, conforme estabelece portaria publicada hoje no DOU do Ministério do Planejamento. Os únicos ministérios que saíram ilesos desta portaria foram os da Saúde (por causa do SUS) e o da Educação (escolas e universidades públicas).

As demais entidades da administração pública federal terão que apertar os cintos também em gastos como passagens, diárias e material.

O governo já faz a contratação centralizada dos serviços de telefonia fixa e móvel há alguns anos, conseguindo grandes descontos.

Anterior Amos assume oficialmente a presidência da Telefônica Vivo
Próximos Operadoras rebatem acusação da Proteste