Fundos Setoriais ajudam a resolver problemas de oferta e demanda por Internet


PUBLICIDADE

Monique Barros – Diretora de Regulatório da Claro. O Brasil tem diferentes realidades geográficas e econômicas e, mesmo com os constantes investimentos privados feitos pelas operadoras de telecomunicações, há “gaps” que precisam ser atendidos por fundos setoriais, como o Fust (Fundo de Universalização).

“A pandemia deixou muito clara a importância da internet não só para o trabalho, mas também para o lazer da população. Essa é uma oportunidade para a sociedade peerceber a importância, de fato, do uso dos fundos setoriais”, afirmou Monique.

Anterior 5G levará banda larga das teles às regiões dos ISPs, prevê CEO da Megatelecom
Próximos O foco mundial é a massificação da banda larga