Fundo LetterOne formaliza proposta à Oi e ações disparam


A Oi comunicou ao mercado nesta segunda-feira, 26, ter recebido uma proposta formal de investimento do fundo LetterOne, do bilionário russo Mikhail Fridman. Segundo o comunicado, a proposta foi entregue na sexta-feira e prevê a realização de um aporte bilionário na concessionária, desde que haja uma fusão da companhia com a TIM Participações.

“De acordo com a proposta da Letter One, enviada pelo BTG Pactual à Diretoria da Oi e ao Conselho de Administração da Oi (…) a Letter One estaria disposta a realizar um aporte de até US$4 bilhões na Oi, condicionada à operação de consolidação”, diz a companhia na nota, que diz estar considerando o negócio.

O fundo LetterOne é sediado em Luxemburgo. Foi criado em 2013 com foco em investimentos nos setores de energia, tecnologias da informação e comunicações, títulos de governos e private equity. Ao final de 2014 o fundo possuía o equivalente a US$ 25 bilhões em ativos. No setor de telecomunicações, o fundo detêm participação nas operadoras VimpelCom (holandesa com atuação em diversos países, inclusive Rússia) e Turkcell (da Turquia).

Anterior BRICS vão cooperar em TICs
Próximos Bovespa pode suspender comercialização de papéis da Telebras