Fundo do vale? TV por assinatura tem saldo positivo em agosto


A TV paga registrou em agosto alta no número de clientes, a primeira desde maio de 2017. Conforme dados publicados pela Anatel, o segmento terminou agosto com 15,13 milhões de assinantes, uma alta de 0,46% frente a julho. Ou seja, houve acréscimo de 68,73 mil usuários.

A alta foi puxada pelo uso da tecnologia de IPTV associada às redes FTTH das operadoras. A Anatel contabilizou 1,056 milhão de acessos do tipo no mês, contra 960 mil em julho. As demais tecnologias (cabo e DTH) tiveram retração, embora continuem a predominar: o cabo fechou o mês com 6,52 milhões de acessos, enquanto o DTH, com 7,54 milhões.

PUBLICIDADE

Os dados também apontam que o fenômeno pode não significar fim da retração no setor, mas reflexos de dados que nunca antes foram repassados à agência por pequenos provedores de internet – grupo que padece de subnotificação. No mês apareceram na contabilidade da agência os números da Brisanet, que não constavam em julho. E, no caso, somam mais 83 mil acessos, o que explica o crescimento total.

Com os dados da Brisanet, os ISPs foram responsáveis pelo acréscimo de 96 mil novos usuários à base de TV paga brasileira em agosto. As grandes operadoras, por sua vez, tiveram 27 mil desligamentos como saldo.

Sky e Oi apresentaram crescimento, enquanto Claro e Vivo registraram retração.

Operadoras jul/20 ago/20 Saldo Variação
CLARO 7.311.170 7.245.465 -65.705 -0,90%
OI 1.530.320 1.559.087 28.767 1,88%
SKY/AT&T 4.648.176 4.663.035 14.859 0,32%
VIVO 1.269.188 1.263.923 -5.265 -0,41%

Em termos de participação de mercado, a Claro segue líder na TV paga, como 47,9% de share, o que equivale a 7,24 milhões de clientes. É seguida pela Sky, que tem 30,8%, ou 4,66 milhões de assinantes. E pela Oi, com 1,55 milhão (10,3%), e Vivo, com 1,26 milhão (8,4%).

Anterior Pix cadastra 3,5 milhões chaves no primeiro dia
Próximos Juiz homologa aditamento ao plano de recuperação judicial da Oi