Fundo prevê investir R$ 300 milhões em startups brasileiras


dinheiro investimento leilão oferta compra aporte capitalO BR Startups, fundo criado no Brasil com foco em investimentos em startups, vai destinar até R$ 300 milhões ao fomento de empresas inovadoras. A iniciativa começou a ser traçada em 2014, com previsão de realizar os aportes até 2020. A partir de então, terá quatro anos para “desinvestir”, ou seja, para sair da participação das empresas, colhendo os resultados esperados.

O fundo foi criado pela Microsoft Participações. Na semana passada, passou a contar com aporte também do grupo mineiro Algar. Outras empresas que o constituem são Qualcomm, Banco Votarantim, Monsanto, Age-Rio e ES Ventures. A primeira rodada de seleção de startups vai acontecer em 2017. A seleção dará preferência a empresas que desenvolvam soluções baseadas em Cloud, Big data, TIC, Telecom, Agritech, Fintech, Educação, Saúde, Energia limpa, Mobilidade urbana, Segurança e Turismo.

Os investimentos são direcionados a empresas no estágio de pós-aceleração, ou que já tenham um modelo de negócio validado, porém com porte ainda insuficiente para atrair o interesse de investimento de fundos de Venture Capital “Série-A”. O valor a ser investido por empresa poderá ser entre R$ 500 mil a R$ 3 milhões. A Acelera Partners vai ajudar na seleção e aceleração das escolhidas. As inscrições estão abertas.

PUBLICIDADE
Anterior Europa terá fundo para infraestrutura de banda larga
Próximos Odebrecht diz que Kassab recebeu R$ 14 milhões de caixa 2. Ministro nega.