França arrecada € 2,8 bi com venda de espectro 5G


A Arcep, autarquia que regula o mercado de telecomunicações da França, anunciou que arrecadou € 2,8 bilhões com a venda da faixa de 3,5 GHz. Ficaram com as frequências as operadoras locais Orange, SRF, Bouygues Telecom e Iliad.

A Orange ofereceu € 854 milhões por 90MHz; SFR propôs € 728 milhões em 80MHz; já Bouygues Telecom e Iliad ofereceram cada € 602 milhões por 70MHz.

PUBLICIDADE

Com duração de três dias, o leilão só teve fim após todos os 11 blocos de 10 MHz em oferta receberem propostas de compra.  O valor final inclui ainda o pagamento de € 350 milhões por um bloco 50 MHz, vendido a preço fixo.

O resultado representou um ágio médio de 55% por bloco de 10 MHz. A Arcep estimava receber no mínimo € 70 milhões para cada bloco.

Agora acontecerá a etapa final do leilão, em que a Arcep vai organizar a distribuição das frequências dentro do espectro disponível, processo que deve ser concluído neste mês. Em seguida, emitirá as licenças.

Os compradores deverão cumprir a obrigação de ativar 3 mil sites 5G até o final de 2022, 8 mil até o final de 2024 e 10,5 mil até o final de 2025. (Com noticiário internacional)

Anterior Anatel vai analisar efeito da venda da Oi Móvel sobre cada cidade do país
Próximos Oi rechaça alegações dos bancos e diz que 5 mil credores aprovaram alteração no PRJ