Forum da Internet pretende filtrar o conteúdo nocivo da rede


UniaoEuropeiaA Comissão Europeia anunciou nesta quinta-feira, 03, a criação do Forum da Internet da Europa. O grupo de trabalho, composto por representantes dos governos dos países do bloco, polícia europeia e empresas privadas de tecnologia, terá como meta criar sistemas capazes de detectar e lidar com “conteúdos nocivos” na web. O alvo principal serão conteúdos terroristas e discursos de ódio.

Segundo comunicado emitido pela comissão, as discussões do Forum vão se debruçar sobre como proteger o público da distribuição de material terrorista e como impedir que os terroristas explorem os canais de comunicação digitais tão populares atualmente, tanto para distribuir conteúdo como para planejar ataques.

De acordo com autoridades da comissão, os terroristas estão espalhando propaganda pela rede. “Isso precisa parar”, diz Dimitris Avramopoulos, comissário para a imigração, assuntos interiores e cidadania. Segundo ele, a iniciativa vai apresentar resultados rapidamente.

PUBLICIDADE

Os políticos europeus fizeram também um apelo para que as empresas digitais aderissem ao Forum. “As evidências de que o incentivo online ao ódio resulta em violência offline. Devemos eliminar este fenômeno da rede”, diz Vera Jourová, comissário da Justiça. Segundo ela, antes de endereçar a questão, porém, é necessário definir o limite entre a liberdade de expressão e o discurso de ódio. A iniciativa quer acelerar o tempo necessário para encontrar discursos terroristas online e de ódio e definir medidas mais efetivas para tirar do ar os conteúdos.

Anterior TCU vai apurar se usuário de telecom é bem informado sobre o que compra
Próximos Marco Civil: posição da Anatel sobre regulamentação sai no próximo semestre