Fintechs debatem diferentes modelos de financiamento da educação


Fintechs financiam a educação. Crédito-freepik
Diferentes propostas das Edtchs também serão apresentadas Credito: Freepick

O que as Fintechs têm feito para democratizar o acesso à educação, com diferentes modelos de financiamento é um dos temas do Congresso Edtechs e Escolas Públicas, promovido pelo Tele.Síntese, que acontece entre os dias 4 e 5 de agosto. Não é de hoje que a tecnologia vem revolucionando os serviços bancários, mas nada se compara ao que vem acontecendo nos últimos anos: de acordo com dados do Distrito Fintech Report 2020, o número de fintechs apresentou um crescimento de 34% no Brasil em relação ao ano anterior. Um dos motivos é a adesão dos clientes de classe C e D.

Executivos de atuantes Fintechs e Edtechs que estão mudando a forma de financiamento e de acesso ao sistema educacional brasileiro  já confirmaram presença. Entre eles, Beto Dantas, COO do Pravalaer; Danilo Costa, Fundador do Educbank; Lucas Silva,CEO da Finkids.

PUBLICIDADE

Diferentes modelos de negócios das Edutechs também serão apresentados. Além de um balanço desse mercado, a ser feito por Diego Perez, Presidente da ABFintechs- Associação Brasileira das Fintechs. Entre as Edtchs, já confirmaram presença Luiz Alexandre Castanha, CEO da NextGen Learning e Rodrigo Alves, CEO da Veduga.

Como avançar na conectividade das escolas abre o Congresso, pois esse é um tema premente para o país. Serão apresentadas a iniciativa do Instituto Escola Conectada por Raul Fuchs, vice-presidente do instituto; e a MegaEdu, entidade que acompanha esse tema bem proximamente, será representada por sua CEO, Cristieni Castilhos. A Huawei estará demonstrando as diferentes soluções tecnológicas que permitirão o avanço do acesso das escolas brasileiras.

Iniciativas Públicas

Do Rio de Janeiro à cidade de Guaramiranga, no Ceará, serão apresentados também os projetos das secretarias de Educação no uso de tecnologias para a educação. Já confirmaram presença Antoine Lousao, secretário de Educação da Cidade do Rio de Janeiro e Matheus dos Reis, da cidade cearense.

As inscrições são gratuitas. Inscreva-se aqui

 

PUBLICIDADE
Anterior Tim reitera não ser contra remédios por compra de Oi Móvel
Próximos Vivo prioriza "análise por sentimento" com IA para interagir nas redes sociais