Finep lança programa para financiar inovação em telecom


consumidor-pessoa-ideia-pensamento-busca-carrinho-de-mercado-codigo-de-barra-cidade-e-commerce-ondas-frete-transmissao-frequencia-dinheiro-valorA Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), agora sob o guarda-chuva do novo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), anunciou a abertura de programa de apoio a empresas do setor de telecomunicações. A iniciativa vai financiar a pesquisa no setor, com recursos do Fundo para o Desenvolvimento Tecnológico das Telecomunicações (Funttel). Serão destinados R$ 600 milhões, em crédito e investimento direto, ao longo dos próximos três anos.

A iniciativa era considerada pelo ex-ministro das Comunicações, André Figueiredo, como uma das fontes de recurso para o programa Brasil Inteligente, anunciado na semana passada, mas cujo orçamento ainda é uma incógnita.

As pesquisas do programa poderão ser feitas em quatro linhas temáticas: comunicações ópticas, comunicações digitais sem fio, redes de transporte de dados e comunicações estratégicas. Do total, 40% serão destinados para as Regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste. A Finep poderá financiar até 80% de uma pesquisa.

PUBLICIDADE

Dos R$ 600 milhões, até R$ 150 milhões poderão ser utilizados para operações de investimento direto. Isso significa que a Finep poderá participar diretamente nas empresas que desejem ser investidas. Também entram na iniciativa o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Anatel e BNDES.

O programa terá quatro linhas temáricas: Comunicações ópticas, digitais sem fio, transporte de dados, e estratégicas. O financiamento prevê juros de TR mais 5% ao ano, com carência de 48 meses e prazo total de pagamento de até 120 meses. O cadastramento de propostas acontece este ano, até novembro, pelo site da Finep. Em janeiro de 2017 serão divulgadas as pesquisas aprovadas.

Anterior Bell Labs alcança velocidade simétrica de 10 Gbps na última milha, em cabo coaxial
Próximos Extinção do Minicom revela fragilidade política do setor