Fibracem firma parceria com a suíça Huber+Suhner


Crédito: Freepik

A Fibracem anunciou uma parceria com a suíça Huber+Suhner para trazer ao Brasil soluções de data center da marca europeia para o segmento empresarial.

De acordo com o Diretor de Planejamento e Operações da companhia brasileira Fibracem, Eryck El-Jaick, a ideia do trabalho conjunto entre as duas marcas é unir os pontos fortes das  empresas.

PUBLICIDADE

“Essa é uma iniciativa importante, pois os clientes brasileiros receberão os produtos da marca europeia em parceria com a Fibracem que chegarão ao mercado com componentes europeus, alta tecnologia e dentro dos padrões e processos estabelecidos por ambas as empresas. E com isso, a expectativa é que haja um fortalecimento ainda maior na relação entre mercado corporativo e de data center com a Fibracem e a H+S”, analisa Eryck.

Segundo o gerente de Desenvolvimento de Negócios da Huber+Suhner, Rafael Sampaio, com o apoio da Fibracem, a marca suíça “volta a ter a produção local com uma mão de obra extremamente qualificada, possibilitando mais flexibilidade produtiva e celeridade no desenvolvimento de novos produtos, além de promover maior agilidade no fator prazo de entrega. E acredito que estes itens são fundamentais para o sucesso no mercado brasileiro”, aponta.

O trabalho conjunto entre as duas marcas promete novidades ainda para 2022. Para Sampaio, neste primeiro momento, a parceria para produção, comercialização e distribuição ocorre com três famílias de produtos da marca europeia – LISA, IANOS e SYLFA. No entanto, considerando que cada família oferece a possibilidade de diversas configurações, acredita-se que a parceria possa agregar, de fato, uma quantidade significativa de soluções ao portfólio da Fibracem.

“Estamos confiantes para esse ano de 2022, pois quando as demandas de 5G forem implementadas, certamente novas famílias de produtos serão solicitadas pelos clientes para atendimento dessa nova tecnologia, e essas novas famílias de produtos serão inseridas no portfólio da Fibracem”, afirma o gerente da H+S.

Cenário atual

Para o executivo da Fibracem, a parceria junto a H+S chega em um momento crucial. Isso porque, segundo ele, o mercado de redes corporativas tem se elevado e passado por transformações em função do cenário atual. “Desde o início da pandemia, muitas empresas adotaram o regime de Home Office a seus colaboradores, o que trouxe também a necessidade de ajustes em infraestrutura de redes. E esse cenário promoveu um crescimento na demanda de adequações dentro das companhias para deixar a comunicação corporativa ainda mais eficiente”, ressalta Eryck.

A parceria entre a Fibracem e Huber+Suhner vai contemplar, também, as corporações localizadas nos demais países da América Latina. Além do Brasil, regiões como Colômbia, Peru, Chile, Argentina e Paraguai entram na mira da H+S com a experiência da Fibracem na atuação junto ao Mercosul.

Com informações da Fibracem

PUBLICIDADE
Anterior Para 42% das empresas, metaverso será revolucionário
Próximos GSI divulga integrantes do Comitê de Segurança da Informação