Ericsson, FEI e Vivo criam polo de pesquisa de aplicações IoT com 5G


O Centro Universitário FEI, a Vivo Empresas, braço corporativo da Vivo, e a Ericsson estão criando um Centro de Soluções 5G, com foco em explorar as aplicações da quinta geração. A inciativa tem como segmento âncora a pesquisa de aplicações industriais de Internet da Coisas (IoT) utilizando conectividade 5G.

Ali serão pesquisadas soluções de automação, logística, mobilidade urbana, para o agronegócio, mineração e  manufatura avançada. A sede ficará localizada na cidade São Bernardo do Campo, em São Paulo, dentro do Centro Universitário FEI.

A Ericsson fornecerá os equipamentos, enquanto a Vivo implementou uma rede privativa 5G na faixa de 3,5 GHz. A operadora também atuará na criação de novas aplicações a partir da experiência em inovação aberta, com projetos já desenvolvidos em parceria com startups para a criação de serviços digitais direcionados à indústria.

A rede ficará disponível para os alunos do FEI no laboratório de manufatura digital e manufatura integrada, laboratório de IoT. Além disso, haverá conexão nos equipamentos disponíveis no Centro de Laboratórios Mecânicos e do time de futebol de robôs. (Com assessoria de imprensa)

Anterior Banco Central aposta na retomada da economia a partir de julho
Próximos Investimentos em Private Equity e Venture Capital somam R$ 10,7 bi no 1º trimestre